Pular para o conteúdo principal

Mona Lisa Overdrive


Capa de Monalisa Overdrive da Editora Aleph - garota com vários gadgets cyberpunks atados ao seu corpo
Capa de Monalisa Overdrive da Aleph

Kumiko, a filha de Yanaka, um chefe muito bem posicionado da Yakuza, a máfia japonesa, é enviada para a casa de Swain, um criminoso de Londres, pois seu pai acreditava que desse modo ela estaria mais segura. Lá a garotinha conhece Sally Shears, que lhe apresenta o submundo hacker, dos piratas de computador, no bar Gentleman Lose.
Kid África deixa Bobby plugado em um aparelho semelhante à Matrix, junto com a med-tec Cherry Chesterfield escondidos em um galpão perdido no Cinturão da Sucata.
Bobby é procurado por Swain, o qual está sob ordens diretas de uma entidade sensciente denominada Continu
Monalisa Overdrive
idade. Continuidade, fruto da fusão de duas inteligências artificiais distintas formadas a partir de experimentos de Inteligência Artificial da bilionária 3Jane. No livro de Gibson, as pessoas mortas, desde que ricas o suficiente, podem ter constructos armazenados na Matrix. Esses constructos nada mais são do que repositórios de personalidade e conhecimentos intrínsecos a uma consciência. Bobby, após um período muito longo de conexão, começa a morrer, com falência múltipla dos órgãos, apesar dos cuidados e apelos de Cherry Chesterfield. Após sua morte seu constructo passa a viver na Matrix. A importância de Bobby para a Continuidade é que Bobby estava de posse do Aleph, a maior quantidade possível de conhecimento no menor espaço possível.

Continuar lendo no Shvoong.

Fonte: http://pt.shvoong.com/books/science-fiction/2276418-mona-lisa-overdrive/#ixzz2VImJjeus

Capas Internacionais do livro de William Gibson











Recomendados



PRIMUS AD - Histórias sobre Inteligência Artificial

A Saída - Conto de Jeff Carlson

Gêneros Literários: Steampunk






          Publicidade
Um livro aberto com uma capa branca com asas de borboleta pretas, uma na capa e outra na contracapa


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Sonhos Lúcidos

O livro Sonhos Lúcidos foi lançado no dia 19 de outubro de 2013, durante o Evento Livros em Pauta , na Universidade Estácio, campus Jabaquara. A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes , autor de O Sonho de Eva lançado pela editora Novo Conceito , e As Duas Vidas e Meia de Demian Liber (independente), Laura Elizia Haubert , autora de Calisto , Sohuen editados pela Novo Século ,   Ode a Nossas Vidas Infames , pela Multifoco, Sempre o Mesmo Céu, Sempre o Mesmo Azul , pela Editora Patuá; Suzy M. Hekamiah , autora de Código dos Mares : Os Contos do Tempo , pela Editora Literata , e O Pianista , Espectra ; além de dezenas de outros autores. A antologia tem basicamente o intuito de divulgação de novos autores. Nesse escopo, há 13 autores que estreiam nas páginas desta coletânea da Andross Editora : Alice Rodrigues, Ana F. Cruchello, Antonio Martins Júnior, Carlos Moffatt , autor de Operação Black Hole e Cobaias de Lázaro ,

III Livros em Pauta

Dia 19 de outubro de 2013 foi o lançamento da antologia "Sonhos Lúcidos", durante a programação do 3º Livros em Pauta. A terceira edição do evento foi no campus Jabaquara da Estácio Uni-Radial . A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes, autor de O Sonho de Eva , Suzy M Hekamiah , autora de Código dos Mares: Os Contos do Tempo , além de dezenas de outros autores. Durante o evento ocorreram palestras sobre direitos autorais, crítica literária, marketing do livro, agenciamento literário, crowdfunding , divulgação, lançamentos... Estas e outras etapas da produção editorial foram apresentadas e debatidas na terceira edição do Livros em Pauta – Encontro de Leitores com Escritores e Outros Profissionais do Livro. Fotos do Evento Participei da Antologia com o conto O Cavaleiro Cinza , um conto apocalíptico que reúne em um mesmo texto diversas teorias da conspiração com um viés original que irá surpreendê-lo. Abaixo seg

Dia da Língua Galega 2014

Cada 17 de Maio celebra-se o Dia das Letras Galegas dedicado a um escritor galego (escolhido pela Real Academia Galega ). Este dia é usado pelos organismos oficiais para potenciarem o uso e o conhecimento da língua galega. O homenageado deste ano é o poeta Xosé María Díaz Castro . Este verão decorrerá no Brasil a Taça do Mundo de futebol, o qual colocará o país lusófono americano na centralidade informativa. Por esta razom, a AGAL lança a campanha O Mundial Fala Galego , umha oportunidade de difundir a mensagem reintegracionista batendo o ponto nas oportunidades para a Galiza e na vantagem competitiva que representa partilhar língua com o Brasil. Precisamente, a atividade central da AGAL para o próximo 17 de Maio, Dia das Letras, consistirá num jogo de futebol no campo de Belvis, em Compostela, o qual decorrerá a partir das 17 h. Na seqüência desta açom serám gravadas imagens e vídeos para acompanhar a campanha O Mundial Fala Galego. Por este motivo, recomenda-se às