GÊNEROS LITERÁRIOS - DARK URBAN

Dark Urban - da Suécia para o mundo.


A popularidade dos romances de Stieg Larsson inaugurou um tipo de thriller mais sombrio e com um enfoque sexual-psicológico no mainstream (corrente dominante). Este gênero inclui outros romancistas escandinavos, cujos livros estão sendo traduzidos para o inglês e outras línguas, como Asa Larsson, Camilla Lackberg e Henning Mankell. Escritores já trabalhando neste gênero incluem Patricia Highsmith, autora famosa pelo seu trabalho O Talentoso Ripley,  Pete Dexter, Martin Cruz Smith e Tana French.


Obviamente que não tenho a pretensão de me comparar aos autores citados, mas trabalhei o meu romance Morte em Boulogne com elementos utilizados nesse subgênero de narrativa de mistério sombrio. A destruição da inocência, a impossibilidade de viver em um mundo que contraria suas convicções, a perseguição estatal e a questão da personalidade, etc.






Lisandra Santamarina Conde dedicava sua vida às causas sociais e a busca pela construção de uma sociedade mais justa. Após um estágio na ACNUR, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, ela retorna ao Brasil e cria a Refugees Place, uma Organização com a missão de auxiliar os refugiados que chegam ao Brasil vindos da África, Venezuela e Haiti.

Quando se envolveu com Ian, um médico bem-sucedido, administrador de um hospital no interior de São Paulo, Lisandra acreditou que havia encontrado o parceiro perfeito. Mas conforme sua relação se intensifica ela desconfia que há um interesse secreto nessa aproximação.

Decidida a descobrir quais as segundas intenções por trás das atitudes suspeitas de Ian, Lisandra pede ajuda a seu amigo Philippe em uma investigação que os levará a lugares e situações que jamais podiam esperar. Cada descoberta feita será premiada com uma ameaça.

Comprar na Amazon: https://amzn.to/2Mbi4VQ





Comentários

Postagens mais visitadas