Pular para o conteúdo principal

645

A luz não podia ultrapassar a barreira do vidro alcançando a liberdade do mundo exterior.

A vida mascarada por uma liberdade de vidro não podia alcançar a luz da barreira negra.

A fúria e o ódio sem limites dos perpetradores do mal era mais pesadas que as bombas zunindo.

A chuva se precipitava sem limites nas cinzas de um mundo que apenas respira na memória.

A luz mascarada pela fúria das bombas dos perpetradores do mal respirava nas cinzas o ódio.

O mundo exterior não podia alcançar a luz mais pesada nas cinzas da fúria mascarada na memória.

A barreira da liberdade de vidro mais pesada que as cinzas do mal respirava um mundo na memória.

A liberdade da luz da chuva de bombas destrói no mundo a vida. Na memória respiram as cinzas.

A falta de liberdade. O peso do ódio. As cinzas da chuva de bombas. A vida que não respira.

A luz. A vida mascarada. As bombas. A chuva. As cinzas. O mundo. A barreira. A liberdade.

A escuridão. A morte estampada. Os destroços. O sangue. A lama. O imundo. A maldade.

Iluntasuna. Heriotza. Suntsitzea. Odola. Lokatzetan. Osasunerako kaltegarria da. Maltzurkeriaz da.



Pessoas em uma galeria de arte e o quadro Guernica de Picasso ao fundo
O Painel Guernica em exposição


Sobre o Poema

 

Em homenagem aos 645 mortos em uma única noite de terror em Guernica,em 26 de abril de 1937 por aviões alemães no País Basco, durante a guerra civil espanhola.

Esta poesia recebeu menção honrosa da ASES - Associação de Escritores de Bragança Paulista em 2014 e fará parte de uma antologia a ser lançada pela ASES com o apoio da Prefeitura Municipal de Bragança Paulista através de sua Secretaria de Cultura e Turismo (secretário Noieraldo de Souza Camilo) no dia 17 de maio de 2014.
 

Prefeitura Municipal de Bragança Paulista - Secretaria da Cultura



Recomendados




Os contos falam de descobertas, investigações policiais, encontros e desencontros amorosos e descoberta e aceitação da identidade
Mosaicos Urbanos - Contos


Capa do livro O Silêncio das Palavras - Mulher tapando a boca, mosaico colorido filtrando a capa
O Silêncio das Palavras - Antologia Especial da Scortecci
 
 



Banner Incompatível











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Sonhos Lúcidos

O livro Sonhos Lúcidos foi lançado no dia 19 de outubro de 2013, durante o Evento Livros em Pauta , na Universidade Estácio, campus Jabaquara. A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes , autor de O Sonho de Eva lançado pela editora Novo Conceito , e As Duas Vidas e Meia de Demian Liber (independente), Laura Elizia Haubert , autora de Calisto , Sohuen editados pela Novo Século ,   Ode a Nossas Vidas Infames , pela Multifoco, Sempre o Mesmo Céu, Sempre o Mesmo Azul , pela Editora Patuá; Suzy M. Hekamiah , autora de Código dos Mares : Os Contos do Tempo , pela Editora Literata , e O Pianista , Espectra ; além de dezenas de outros autores. A antologia tem basicamente o intuito de divulgação de novos autores. Nesse escopo, há 13 autores que estreiam nas páginas desta coletânea da Andross Editora : Alice Rodrigues, Ana F. Cruchello, Antonio Martins Júnior, Carlos Moffatt , autor de Operação Black Hole e Cobaias de Lázaro ,

III Livros em Pauta

Dia 19 de outubro de 2013 foi o lançamento da antologia "Sonhos Lúcidos", durante a programação do 3º Livros em Pauta. A terceira edição do evento foi no campus Jabaquara da Estácio Uni-Radial . A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes, autor de O Sonho de Eva , Suzy M Hekamiah , autora de Código dos Mares: Os Contos do Tempo , além de dezenas de outros autores. Durante o evento ocorreram palestras sobre direitos autorais, crítica literária, marketing do livro, agenciamento literário, crowdfunding , divulgação, lançamentos... Estas e outras etapas da produção editorial foram apresentadas e debatidas na terceira edição do Livros em Pauta – Encontro de Leitores com Escritores e Outros Profissionais do Livro. Fotos do Evento Participei da Antologia com o conto O Cavaleiro Cinza , um conto apocalíptico que reúne em um mesmo texto diversas teorias da conspiração com um viés original que irá surpreendê-lo. Abaixo seg

Dia da Língua Galega 2014

Cada 17 de Maio celebra-se o Dia das Letras Galegas dedicado a um escritor galego (escolhido pela Real Academia Galega ). Este dia é usado pelos organismos oficiais para potenciarem o uso e o conhecimento da língua galega. O homenageado deste ano é o poeta Xosé María Díaz Castro . Este verão decorrerá no Brasil a Taça do Mundo de futebol, o qual colocará o país lusófono americano na centralidade informativa. Por esta razom, a AGAL lança a campanha O Mundial Fala Galego , umha oportunidade de difundir a mensagem reintegracionista batendo o ponto nas oportunidades para a Galiza e na vantagem competitiva que representa partilhar língua com o Brasil. Precisamente, a atividade central da AGAL para o próximo 17 de Maio, Dia das Letras, consistirá num jogo de futebol no campo de Belvis, em Compostela, o qual decorrerá a partir das 17 h. Na seqüência desta açom serám gravadas imagens e vídeos para acompanhar a campanha O Mundial Fala Galego. Por este motivo, recomenda-se às