Pular para o conteúdo principal

Mosaicos Urbanos



"Obra brindada com o mais alto nível de criação artística e ficcional, Mosaicos Urbanos aponta para uma luz no fim do túnel a dar enfoque aos diversos problemas atuais que enfrentamos, desde o famigerado mal-estar na civilização, prenunciados pelos homens e mulheres que forjaram a psicanálise, nos fins do século XIX." — João Rosa de Castro.
"Os contos falam de descobertas: investigações policiais, encontros e desencontros amorosos e descoberta e aceitação de identidade." — Michelle Louise Paranhos

Mosaicos Urbanos é um "new adult" que irá te surpreender, do mesmo autor do romance Incompatível (Scortecci, 2018).Mosaicos Urbanos é um livro que reúne boa parte de meus contos escritos nos últimos quatro anos. São narrativas e reflexões sobre o amor e a existência, a perda e os sentimentos contraditórios que estão sempre presentes no espírito humano. Alguma prosa poética e alguma poesia incidental.

Neste livro estão meus trabalhos premiados 478 (premiado no V Concurso de Contos da Livrarias Curitiba) e 645 (Menção Honrosa da Associação de Escritores de Bragança Paulista), uma seleção de mini contos líricos; o conto O Palhaço, finalista do Prêmio Paulo Leminski, e os contos No Coração de Macau e Às Margens do Tigre, que são histórias com Arturo de Oliveira, a personagem do conto 478, um escritor de romances policiais de sucesso. Arturo também está presente no conto Caroline Kress em Sarajevo.

Este livro já foi traduzido para o inglês, espanhol e italiano. O livro impresso está disponível para compra no web site do Clube de Autores e da AG Books, enquanto que a versão eletrônica (e-book) está sendo vendida na Amazon.








RESENHA

A Edição Comemorativa de Mosaicos Urbanos do autor Maurício R.. B. Campos despertou minha atenção assim que visualizei a capa do livro pela primeira vez.
Cada ponto de vista- personagens, leitor, narrador e autor- contam uma história diferente com detalhes e perspectivas únicas, e o todo desse mosaico só poderá ser compreendido ao olhar a cena por inteiro, na última palavra do último conto desta premiada compilação em que se comemora a terceira tradução desta obra.
Em sua maioria os contos falam de descobertas: investigações policiais, encontros e desencontros amorosos e descoberta e aceitação de identidade.
Em sua maioria, são contos premiados ou que receberam menções honrosas; logo se percebe a razão: cada palavra foi colocada pelo autor com precisão e sensibilidade no lugar devido.
Gostei muito dos contos em que predominou o clima de suspense tendo o escritor de romances policiais de sucesso, Arturo de Oliveira, como protagonista; especialmente aquele em que contracenou com a investigadora Carolina Kress, adicionando-se como ingrediente a sedução não- declarada entre eles.
Quero destacar dois contos, porém, que foram meus preferidos: O Palhaço e Origami; este último conto encerrando brilhantemente a compilação.
O Palhaço fala da relação conflituosa entre pai e filha tendo como cenário a Folia de Reis.
A trama de Origami desenrola-se através de três pontos de vista de uma mesma cena: os preparativos para uma festa japonesa onde será montada a barraca de origamis. Como se cada ponto de vista fosse uma dobra do papel, cada perspectiva revela trechos únicos da história, e o leitor só saberá o que realmente aconteceu ao dobrar a última parte do Tsuru ou passarinho da sorte japonês. O Apêndice conta para quem não conhece a lenda do Tsuru.
Mosaicos Urbanos é um livro que faz jus aos títulos recebidos. Recomendo.

Michelle Paranhos, resenhista do Arca Literária e do Café Literatura.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Sonhos Lúcidos

O livro Sonhos Lúcidos foi lançado no dia 19 de outubro de 2013, durante o Evento Livros em Pauta, na Universidade Estácio, campus Jabaquara. A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes, autor de O Sonho de Eva lançado pela editora Novo Conceito, e As Duas Vidas e Meia de Demian Liber (independente),  Laura Elizia Haubert, autora de Calisto, Sohuen e Ode a Nossas Vidas Infames, pela Novo Século, Suzy M. Hekamiah, autora de Código dos Mares: Os Contos do Tempo, pela Editora Literata, e O Pianista, além de dezenas de outros autores.



A antologia tem basicamente o intuito de divulgação de novos autores. Nesse escopo, há 13 autores que estreiam nas páginas desta coletânea da Andross Editora: Alice Rodrigues, Ana F. Cruchello, Antonio Martins Júnior, Carlos Moffatt, Caroline Evans, Garibaldi S. Júnior, Gui Moretti, Jony X, Kleberson Arcanjo, Marcelo Fernandes, Ricardo R. Gitti, Vivi Trichês, Vivian Pitança.



Apesar da temática da antologia, pou…

Dia da Língua Galega 2014

Cada 17 de Maio celebra-se o Dia das Letras Galegas dedicado a um escritor galego (escolhido pela Real Academia Galega). Este dia é usado pelos organismos oficiais para potenciarem o uso e o conhecimento da língua galega. O homenageado deste ano é o poeta Xosé María Díaz Castro.



Este verão decorrerá no Brasil a Taça do Mundo de futebol, o qual colocará o país lusófono americano na centralidade informativa. Por esta razom, a AGAL lança a campanha O Mundial Fala Galego, umha oportunidade de difundir a mensagem reintegracionista batendo o ponto nas oportunidades para a Galiza e na vantagem competitiva que representa partilhar língua com o Brasil. Precisamente, a atividade central da AGAL para o próximo 17 de Maio, Dia das Letras, consistirá num jogo de futebol no campo de Belvis, em Compostela, o qual decorrerá a partir das 17 h. Na seqüência desta açom serám gravadas imagens e vídeos para acompanhar a campanha O Mundial Fala Galego. Por este motivo, recomenda-se às pessoas int…