Pular para o conteúdo principal

O Rei Amarelo em Quadrinhos na Revista da Cultura

Revista da Cultura com a reportagem sobre O Rei Amarelo em Quadrinhos

O Rei de Amarelo continua a exercer sua influência na cultura pop. A coletânea de contos de terror fantástico de Robert W. Chambers, lançada em 1895, e que é marco do gênero, faz alusão a uma peça teatral fictícia e ao tal Rei Amarelo, seu protagonista. O texto da peça, em dois atos, nunca é revelado em detalhes, e só o que se sabe é que quem o lê até o final enlouquece.

No final do ano passado, a Editora Draco, exclusivamente dedicada a publicar literatura e quadrinhos de autores brasileiros, lançou O Rei Amarelo em Quadrinhos, edição caprichada com oito histórias baseadas no universo do personagem. Com organização de Raphael Fernandes e participação de 14 autores, entre desenhistas e roteiristas, o álbum prova que os quadrinhos nacionais merecem cada vez mais atenção.

Pedro Pedrada abre o volume com Fantasmas na máquina, fábula atual sobre a superexposição no mundo virtual e suas consequências nefastas; em A boneca, Tiago P. Zanetic e Lucas Chewie viajam para uma comunidade judaica na Pensilvânia, EUA; Edgar Allan Poe é o protagonista de A rainha de amarelo, de Mauricio R. B. Campos e Péricles Ianuch, seguidos por Airton Marinho e Marcos Caldas, com Maldita rotina, crônica contemporânea das mais aterradoras; Caninos, de Erik Avilez e André Freitas, tem clima de conto de fadas, e O rei dos ratos, de Tiago Rech e Victor Freundt, se passa no Porto de Santos e envolve um navio ali atracado; Taxidermia anímica, de Rafael Levi e Samuel Bono, chega mais perto da história de O rei de amarelo, já que seu protagonista é um ator de teatro; o genial Raphael Salimena encerra o volume com Medíocre.

Além da diversidade de abordagens dos roteiros, os estilos de cada artista também chamam a atenção, tendo em comum só o detalhe que dá unidade ao projeto gráfico: a edição é toda em preto e branco, eventualmente salpicada por tons de amarelo, que deixam a marca do Rei. A loucura é amarela, e vale a pena mergulhar nessas histórias fantásticas.

Por Igor de Oliveira.

Revista da Cultura




PDF - Portable Documents FormatA revista da Cultura pode ser encontrada nas lojas da Livraria Cultura.

Para baixar o PDF siga o link abaixo:


Recomendados












Homem dos anos 1930 apontando arma para criatura reptiliana com asas
King Edgar Hotel entre as Melhores Histórias


























Frase sob fundo vermelho: Abrace a escuridão e seja iluminado pela loucura
Gêneros Literários: Horror Cósmico
























Incompatível: Romance

























Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Sonhos Lúcidos

O livro Sonhos Lúcidos foi lançado no dia 19 de outubro de 2013, durante o Evento Livros em Pauta , na Universidade Estácio, campus Jabaquara. A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes , autor de O Sonho de Eva lançado pela editora Novo Conceito , e As Duas Vidas e Meia de Demian Liber (independente), Laura Elizia Haubert , autora de Calisto , Sohuen editados pela Novo Século ,   Ode a Nossas Vidas Infames , pela Multifoco, Sempre o Mesmo Céu, Sempre o Mesmo Azul , pela Editora Patuá; Suzy M. Hekamiah , autora de Código dos Mares : Os Contos do Tempo , pela Editora Literata , e O Pianista , Espectra ; além de dezenas de outros autores. A antologia tem basicamente o intuito de divulgação de novos autores. Nesse escopo, há 13 autores que estreiam nas páginas desta coletânea da Andross Editora : Alice Rodrigues, Ana F. Cruchello, Antonio Martins Júnior, Carlos Moffatt , autor de Operação Black Hole e Cobaias de Lázaro ,

III Livros em Pauta

Dia 19 de outubro de 2013 foi o lançamento da antologia "Sonhos Lúcidos", durante a programação do 3º Livros em Pauta. A terceira edição do evento foi no campus Jabaquara da Estácio Uni-Radial . A antologia de contos fantásticos da Andross Editora contou com a participação de Chico Anes, autor de O Sonho de Eva , Suzy M Hekamiah , autora de Código dos Mares: Os Contos do Tempo , além de dezenas de outros autores. Durante o evento ocorreram palestras sobre direitos autorais, crítica literária, marketing do livro, agenciamento literário, crowdfunding , divulgação, lançamentos... Estas e outras etapas da produção editorial foram apresentadas e debatidas na terceira edição do Livros em Pauta – Encontro de Leitores com Escritores e Outros Profissionais do Livro. Fotos do Evento Participei da Antologia com o conto O Cavaleiro Cinza , um conto apocalíptico que reúne em um mesmo texto diversas teorias da conspiração com um viés original que irá surpreendê-lo. Abaixo seg

Dia da Língua Galega 2014

Cada 17 de Maio celebra-se o Dia das Letras Galegas dedicado a um escritor galego (escolhido pela Real Academia Galega ). Este dia é usado pelos organismos oficiais para potenciarem o uso e o conhecimento da língua galega. O homenageado deste ano é o poeta Xosé María Díaz Castro . Este verão decorrerá no Brasil a Taça do Mundo de futebol, o qual colocará o país lusófono americano na centralidade informativa. Por esta razom, a AGAL lança a campanha O Mundial Fala Galego , umha oportunidade de difundir a mensagem reintegracionista batendo o ponto nas oportunidades para a Galiza e na vantagem competitiva que representa partilhar língua com o Brasil. Precisamente, a atividade central da AGAL para o próximo 17 de Maio, Dia das Letras, consistirá num jogo de futebol no campo de Belvis, em Compostela, o qual decorrerá a partir das 17 h. Na seqüência desta açom serám gravadas imagens e vídeos para acompanhar a campanha O Mundial Fala Galego. Por este motivo, recomenda-se às